Camila Cabello alcança o topo da lista dos 200 melhores álbuns dos Estados Unidos na Billboard

Dominando as listas ao redor do mundo, o álbum solo de estreia de Camila Cabello alcançou o topo da lista da Billboard com os 200 melhores álbuns dos Estados Unidos. O projeto já recebeu certificação de Ouro pela RIAA e já é Platina no Brasil.

O novo álbum já moveu 119K unidades equivalentes na semana de estreia, chegando a ser o mais vendido no iTunes em mais de 100 países. “Camila” bateu o recorde da plataforma, alcançando o maior número de #1 ao redor do mundo. O disco domino as listas dos álbuns mais vendidos de países como Canada e México, onde já recebeu certificação de Ouro e também Suécia, Noruega e Holanda. Além disso, já ocupa o Top 5 no Reino Unido, Finlândia, Austrália, Irlanda, Bélgica, Suíça e Brasil.

Sylvia Rhone, presidente da Epic Records, comenta sobre o sucesso de Camila:

“É fora do comum alcançar um Top 1 com um álbum de estreia na lista da Billboard dos mais vendidos. Com uma paixão indomável, Camila é uma daquelas raras artistas que se destacam como vocalistas, compositoras e performers. Ela fez um requintado álbum que não só une diferentes gêneros, mas também culturas”.

Confira aqui.

Depois de sete semanas do #2, o hit “Havana” subiu para o topo da lista Hot 100 da Billboard. Além disso, a canção atingiu certificação de Platina tripla pela RIAA. Entre muitos elogios, também alcançou a chancela do “maior tempo de uma artista feminina no topo da lista Top 40 Radio em cinco anos”, além de ser o single de uma artista feminina que ficou mais tempo no topo das listas no Reino Unido, desde o feito de “Someone Like You”, de Adele, em 2011.

A cantora fez uma forte divulgação na TV norte-americana, com aparições no programa TRL, transmitido pela MTV, no Good Morning America, do canal ABC, além do programa da apresentadora Ellen DeGeneres. Camila apresentou a canção “Never be the Same” com uma poderosa performance no programa da TV norte-americana The Tonight Show, comandado por Jimmy Fallon. Confira aqui.

O novo álbum já recebeu boas críticas: a revista Entertainment Weekly declarou que “Camila é desafiadoramente sua própria estrela pop no álbum de estreia”, e o USA Today elogiou o disco dizendo que “Camila é uma mistura vibrante de sons e estilos”. Em uma crítica que recebeu 4 estrelas, o jornal The Times London aplaudiu a imprevisibilidade do novo álbum: “como o sucesso que lhe deu fama, é bastante inesperado”. O jornal The New York Times a apelidou de “um modelo para jovens garotas à beira de um terreno emocional mais íngreme” e a revista britânica NME chamou a coleção de “uma forte e supreendentemente confiante impressão”. O site Stereogum declarou que “o trabalho de base definirá Camila como um grande sucesso”, enquanto a Billboard afirmou: “Cabello estabeleceu vocalmente, liricamente e impressionantemente que ela, desde sempre, deveria ser simplesmente Camila”

Uma poderosa, apaixonada e pessoal jornada para a cantora, “Camila” representa um marco importante. Ela o descreve como “a trilha sonora do último ano da minha vida”, convidando os ouvintes para estarem mais perto do que nunca.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.