Fãs de Anita acusam cantora americana P!nk de plágio em novo videoclipe

Pink lançou, nessa terça-feira, 21, seu clipe “Beautiful Trauma”. O vídeo, estrelado por ela e pelo galã Channing Tatum, no entanto, foi alvo de uma enorme polêmica: a semelhança com outro clipe famoso. Trata-se de “Essa Mina é Louca”, da nossa brasileiríssima Anitta, com direção de Bruno Ilogti, direção artística de Giovanni Bianco e lançado em janeiro de 2016. Bastaram algumas horas para que os fãs começassem a comentar o assunto na internet. Entre os detalhes parecidos listados pelos fãs da poderosa estão a presença de um homem como coadjuvante – no de Anitta, o papel é de Jhama, cenas de um casal rodopiando, as cantoras servindo os amados, os homens amarrados e a chegada de uma mulher que promove uma reviravolta na história – no de Anitta, interpretada por Isis Valverde. Nem as letras subindo ao fim do vídeo escaparam dos olhares atentos dos fãs.

A comparação dos clipes de Pink e Anitta deu o que falar na web
A comparação dos clipes de Pink e Anitta deu o que falar na web

“Direção criativa do clipe de Essa Mina é Louca foi feita por Giovanni Bianco, diretor renomado que já trabalhou com Madonna! A Pink pode até não saber quem é Anitta mas o diretor do clipe dela pode muito bem ter pego referência. Só não vê semelhança quem for cego!”, chegou a dizer um internauta.

Vale destacar que, em seu clipe, a americana se transforma em uma dona de casa dos anos 1940 com muitas cores marcantes. Ela e o marido, vivido por Channing Tatum, sapateiam e vivem situações engraçadas, fazendo referência ao casal do cinema clássico, Ginger Rodgers e Fred Astaire, como apresentado no início do vídeo, que marcou época nos anos 1940.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.