Liann da Quebrada ganha prêmio sobre o Documentario “Bixa Travesti” !

O documentário “Bixa Travesty”, que acompanha a trajetória de Linn da Quebrada, levou o Prêmio Teddy no Festival de Berlim, na última sexta-feira (23).

O prêmio é dado a produções que abordam a temática LGBT em seu conteúdo. Não é a toa, ele é apelidado de “Urso de Ouro LGBT”.

O documentário é dirigido por Kiko Goifman e Claudia Priscilla. Veja um pouco no trailer abaixo:

 

Mas essa não foi a única produção LGBT brasileira que foi premiada. O filme “Tinta Bruta” levou o troféu na categoria de melhor ficção. Dirigido por Márcio Reolon e Filipe Matzembacher, o longa mostra a história de Pedro (Shico Menegat), um garoto pouco sociável que encontra na internet um meio de expressão, fazendo performances eróticas.

“Bixa Travesty” é o mesmo nome que Linn da Quebrada usa em uma faixas do “Pajubá” do seu álbum lançado por  em outubro do ano passado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.